Pressão na AL impede votação de PL que enfraquece sindicatos

A pressão de diversas entidades na Assembleia Legislativa, entre as quais o Sintergs, mais uma vez surtiu efeito e, devido a ausência de quórum suficiente, o PL 148/2017, que limita a dispensa de servidores públicos para exercício em sindicatos, não foi votado.

O projeto, de autoria do Governo Sartori, tem o objetivo de enfraquecer sindicatos e associações que atuam na defesa dos servidores públicos.

A queda do quórum ocorreu após a realização da terceira verificação, quando apenas 26 parlamentares registraram presença.

O Sintergs esteve mobilizado na Assembleia Legislativa, em conversa com deputados estaduais, e na Praça da Matriz durante toda esta terça-feira (10/10).