Sintergs está solidário a greve dos policiais civis, professores e municipários

O Sintergs está solidário a greve dos policiais civis, desencadeada nesta segunda-feira (09/10), em todo o Estado. A decisão foi tomada após Assembleia Geral realizada na quinta-feira (05/10), em Porto Alegre.

A paralisação, conforme a Ugeirm, será mantida até que o Governo Sartori integralize os salários dos servidores da corporação. Um novo encontro da categoria foi convocado para a quarta-feira (11/10) para avaliar as ações do movimento.

Professores e municipários

O Sindicato também apoia greve dos professores e dos municipários de Porto Alegre. O Sindicato dos Professores do Rio Grande do Sul (Cpers), em assembleia realizada no fim de setembro, no Gigantinho, aprovou a manutenção da greve dos professores estaduais por tempo indeterminado. A categoria está paralisada desde 05/09.

Ainda sem negociações com a prefeitura de Porto Alegre, os municipários seguem com os serviços paralisados pelo menos até esta terça-feira (10/10), quando uma nova deliberação da categoria deve ocorrer na Casa do Gaúcho, a partir das 15h.

Já os quadros representados pelo Sintergs decidiram decretar greve até a integralização do salários dos servidores públicos, a partir de quarta-feira (11/10). A decisão foi tomada em Assembleia Geral Extraordinária da categoria, na tarde desta sexta-feira (06/10), em Porto Alegre. Na terça-feira (17/10), o Sintergs fará nova Assembleia Geral Extraordinária para avaliar a situação.